A liberdade de expressão deve ser uma questão importante para os evangélicos?

Guilherme de Carvalho: A liberdade de expressão é absolutamente prioritária. Ela é necessária para a livre pregação do evangelho. Mas o fato é que a liberdade de expressão está sob ameaça, não apenas por sofrer abuso, principalmente por parte de extremistas de direita, mas também pela oposição militante de movimentos autoritários de esquerda, interessados em censurar a crítica.

Iza Vicente: A liberdade de expressão deve, sim, ser um tema importante para os evangélicos. É preciso defendê-la e também entender que essa liberdade tem limites. Equilibrar liberdade e discursos é um desafio para todos, inclusive para os evangélicos.

Ziel Machado: A liberdade de expressão é um valor importante para qualquer sociedade democrática; portanto, é importante para evangélicos e não evangélicos.

A democracia é algo sempre instável, sempre no limiar de risco. Democracia demanda participação, mas participação consciente. Para apoiar este sistema de governo, os evangélicos precisam se educar para a vida democrática.

A maior contribuição da igreja para o bem comum é o evangelho, e as liberdades civis fundamentais são necessárias para a livre divulgação da Palavra de Deus. Há, claro, pessoas que consideram egoísmo colocar essas liberdades como prioridade política. Mas elas se esquecem de que, historicamente, os direitos sociais só se desenvolveram no Ocidente sobre a base das liberdades fundamentais. À luz da história e da lógica, nossa prioridade deve ser primeiro proteger os direitos individuais, antes de passar para a proteção dos direitos sociais.

Clique aqui para voltar para o artigo principal.

Jacira Monteiro: A liberdade de expressão é, sim, algo importante para os cristãos. Quem se preocupa com o bem-estar do seu próximo se preocupa com o fato de cada um poder se expressar livremente.

Contudo, o cristão sabe que a liberdade de expressão deve ser usada com responsabilidade e amor pelo próximo. Toda liberdade de expressão que é usada irresponsavelmente gera um pecado. Por vivermos em sociedade, tudo o que fazemos respinga nos outros. Por isso, devemos estar sempre abertos ao diálogo, a não demonizar os outros que pensam diferente de nós e a dar espaço para a pluralidade florescer. Liberdade de expressão com responsabilidade é algo importante para os cristãos.

Ricardo Barbosa: A liberdade de expressão é uma questão importante para todos, não só para os evangélicos. Não precisamos concordar com tudo ou com todos, mas é importante que todos tenham espaço para expressar seus pensamentos, ideias, valores sem, no entanto, querer impô-los. A liberdade de expressão aliada ao interesse pelo bem comum e a um bom argumento são as melhores matérias-primas para construir uma sociedade madura.

O problema é que existem muitas formas de limitar este tipo de liberdade. As autoridades públicas podem impor-lhe restrições, mas nós também podemos fazê-lo, por meio do desprezo, da intolerância, da incapacidade de reconhecer o simples fato de que somos diferentes. Precisamos preservar valores como o respeito, a tolerância e a diversidade.

Confira a biografia dos nossos entrevistados no artigo principal.

-

[ This article is also available in English. See all of our Portuguese (Português) coverage. ]

Boletins gratuitos

Mais boletins