Clique Aqui e faça o download do nosso devocional diário “O Evangelho do Advento”.

Leia Isaías 9.6,7

Em minha experiência pessoal, assistir a desenhos animados tem sido parte essencial da minha vida de pai de três meninos. O poderoso chefinho é um desses filmes. O filme faz uma caricatura de um bebê que se acha “já adulto” e fica constantemente mandando no irmão de sete anos, pelas costas dos pais.

A ironia em Isaías 9.6,7 é uma justaposição semelhante: a passagem traz um bebê recém-nascido que é “já adulto”. Isaías descreve este prometido como uma criança recém-nascida que tem o governo do reino sobre seus ombros e será chamada “Maravilhoso Conselheiro, Deus Poderoso, Pai Eterno, Príncipe da Paz”.

O testemunho incrível desse texto profético é que Jesus é tudo isso e muito mais. Jesus, nascido como uma criança humana, é totalmente humano e totalmente divino: o Deus-homem, o rei bebê.

Isaías estava falando para uma comunidade judaica desencorajada, que tateava na escuridão, esperando encontrar um caminho para se libertar da “aflição, [das] trevas e [da] temível escuridão” (8.22). Nesse contexto, Isaías profetiza: “Ele estenderá o seu domínio, e haverá paz sem fim sobre o trono de Davi e sobre o seu reino, estabelecido e mantido com justiça e retidão, desde agora e para sempre” (9.7). Esta referência ao trono de Davi remete à promessa de Deus a Davi: “escolherei um dos seus filhos para sucedê-lo, [...], e eu estabelecerei o reino dele [...]e eu firmarei o trono dele para sempre” (2Sm 7.12,13). Deus é um Deus que guarda a sua aliança. E nada impedirá o milagre prometido: “O zelo do Senhor dos Exércitos fará isso” (Is 9.7). Deus é zeloso em cumprir as alianças com seu povo.

Deus também é zeloso e apaixonado pelo evangelho. A boa nova no fato de Jesus ter se tornado carne é que, em Cristo, não há mais trevas (Is 9.2; Jo 1.4,5, 14). Deus está se movendo por todo o mundo, por todos os continentes, por todas as nações, expondo as trevas por meio do poder da primeira vinda de Cristo e de sua volta iminente. A entrada encarnacional de Jesus no mundo significa um novo dia, “Porque um menino nos nasceu, um filho nos foi dado” (Is 9.6)!

Esta é a boa nova, o evangelho que devemos compartilhar com o mundo. A luz veio; a luz é Jesus! Não precisamos mais viver nas trevas e podemos compartilhar essa luz com um mundo que precisa ouvir sobre nosso “Deus Poderoso”, nosso “Príncipe da Paz”. Que possamos proclamar livremente: Jesus, o rei bebê, está aqui e quer reinar nos vossos corações.

Matthew D. Kim é professor de Pregação e Teologia Prática da cátedra Professor George F. Bennett, no Gordon- Conwell Theological Seminary, e autor da obra Preaching to People in Pain.

[ This article is also available in English español Français 简体中文 한국어 Indonesian 繁體中文, and русский. See all of our Portuguese (Português) coverage. ]

Boletins gratuitos

Mais boletins